Banda CO2 estreia com um single pedrada: PHD

O single de estreia da banda londrinense CO2 acabou de sair: PHD trata da politização da educação em um rock pesado e cheio de ironias. A faixa, de tom apocalíptico e sarcástico, já tem vídeo no YouTube. Dá uma olhada/ouvida:

 

 

A pegada pesada e surpreendente traz referências dos quatro integrantes da banda formada em Londrina: Osmani Junior (guitarra), Kadu Guariente (bateria), Diogo Burka (baixo) e Julio Anizelli (voz). Dessa forma, King Crimson encontra Led Zeppelin que encontra Arrigo Barnabé que encontra Frank Zappa, entre várias outras referências. É rock feito por músicos experientes e, por isso, bem tocado.

É o nosso estilo que, com a ajuda do Julio e do Burka, estamos aprimorando. Botamos no tacho todas as nossas influências sonoras e mexemos até dar ponto de bala – comenta Kadu Guariente.

 

 

O quarteto CO2 está em estúdio desde junho. Por enquanto, PHD é a única faixa finalizada, mas a intenção é produzir um disco de 12 músicas autorais – todas com letras de Osmani Junior.

A gente quer um disco que a gente goste de ouvir. A ideia é que possamos fazer um álbum com a referência sonora dos quatro participantes. Todos têm trazido ideias e muitas músicas que tinham um arranjo específico antes se tornaram outra coisa na gravação. É justamente este blend de quatro roqueiros londrinenses que tem dado certo – ressalta o baterista.

 

 

O disco é produzido no Plugue Estúdio, de Julio Anizelli, em Londrina, por onde já passaram inúmeras bandas voltadas ao trabalho autoral.

 

A história da CO2 remonta à antiga parceria entre Osmani Junior e Kadu Guariente, que tocaram juntos desde o início dos anos 90 em bandas como Santo Graal e Blue Up. Ambos se reencontraram em Curitiba, em 2010, e retomaram o contato musical.

 

 

Com o compositor e baixista Renato Alves, a dupla iniciou o projeto aCOR, que ajudou Osmani e Kadu a delimitarem 12 temas para compor o disco. Já como CO2, Kadu e Osmani se uniram a Júlio Anizelli (voz) e Diogo Burka (baixo). Um quarteto cuja bagagem não é voltada apenas ao rock, mas a diferentes estilos musicais.

 

 

O Julio tem sido a peça principal para a finalização da mixagem das músicas, talvez seja o técnico de áudio e produtor mais perfeccionista que já conheci… É só parar e ouvir os trabalhos que ele tem gravado e perceber a qualidade sonora que ele consegue dentro do estúdio… É realmente um monstro dos consoles e equipamentos de áudio, além de ser um dos melhores vocalistas de rock que conheço. E só o trabalho do Diogo Burka na banda Base2 durante 12 anos justifica a presença dele no álbum do CO2. O Osmani é parceiro de longa data e, para mim, é o melhor guitarrista de estúdio de Londrina atualmente.

Outros dois singles da CO2 devem sair em breve: A Mosca e Pérolas aos porcos, que ainda estão em processo de mixagem.

 

Saiba mais sobre a banda CO2 em O Rock de Londrina Records.

 

A faixa PHD já está disponível no Spotify (co2projekct) e cdbaby.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *