Catamarã: André Siqueira pelos mares da música

 

Quando um compositor explica sua obra, é como se um universo de possibilidades até então despercebidas se apresentasse. Detalhando a estrutura harmônica, rítmica, melódica e, principalmente, contando como cada tema surgiu, o autor dá elementos para que o ouvinte descubra coerências, equilíbrios, estruturas que se completam. É comum o ouvinte preencher uma audição com suas subjetividades. A música chega diferente às pessoas e cada ouvido se deixa levar pela própria personalidade. O compositor sábio cria uma espécie de rodovia para que isso aconteça com maior conforto. Narra, conta, desvenda. E, por mais que explique, sempre haverá o mistério, o detalhe por se compreender, a lacuna aberta à imaginação. Foi o que aconteceu quando André Siqueira topou o convite para falar e interpretar as músicas de seu disco autoral Catamarã. As obras ganharam rumos surpreendentes. Chegaram ao cerne de sua força e beleza, sintetizadas em inspirações profundamente brasileiras, ancoradas tanto na sabedoria popular quanto nas transformações provocadas por grandes autores do século 20. A aula, com direito a shows de violão e viola, ganhou duas edições em vídeo. Uma concisa, para atender à velocidade da internet, e outra longa, para os mais famintos. Bem vindos ao Catamarã de André Siqueira.

 

 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *