Paulo Freire encontra o Curupira

Se tem um justiceiro que protege a mata, é o Curupira.

Com ele, não adianta espingarda, valentia ou cara feia.

Se você fizer mal à floresta, fique certo de que ele vai aparecer.

E, às vezes, o Curupira ganha até a ajuda dos homens contra os agressores da natureza.

Foi o que aconteceu com o violeiro Paulo Freire, que contou tudinho para o público que esteve no 8º Encontro de Contadores de Histórias de Londrina, o Ecoh, realizado em março.

Vai vendo…

 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *